6 dicas para decorar a casa gastando pouco

1- Acessórios

As almofadas são, normalmente, os primeiros itens que pensamos em mudar para renovar o décor. Investir em acessórios novos é sim uma ótima saída. Nesse grupo, entram os tapetes e os quadros – este último pode ajudar a dar um toque de personalidade e refletir hobbies e gostos dos moradores. “Mas tome cuidado para não escolher tons muito escuros que podem dar a sensação de que o espaço é menor e mais escuro”, alerta Bruno. Além dessa ressalva, ele sugere que haja parcimônia no mix de cores entre os acessórios e, caso haja estampas, que elas conversem entre si.

Os tapetes, além de darem mais graça para o espaço, ainda podem adicionar aconchego e aquecer o ambiente. “É interessante que ele saia 15 cm para as laterais do sofá ou da poltrona e tenha a mesma medida sob os móveis”, ensina Bruno. As tramas metálicas ganharam o universo do décor, são baratas e podem substituir murais de recados e porta-retratos. “Elas servem como porta-lembretes, ou para exibir imagens e fotos para decorar o ambiente em que estiver”.

2-           Prateleiras

Ótimas aliadas, além de dar suporte para objetos decorativos, as prateleiras ajudam a organizar os ambientes deixando tudo sempre à mão e podem ocupar todos os cômodos da casa, do banheiro à cozinha. Outra opção com a mesma funcionalidade são os caixotes de madeira, que têm baixo custo e podem servir como nicho para guardar livros, acomodar garrafas de vinho, entre outros usos. Se empilhados, transformam-se em estantes. 3 – Pufes

Os pufes podem ser móveis multi-funcionais. Além de servirem para acomodar mais pessoas, alguns têm baú, ótimo para adicionar espaço para armazenamento. “Invista em modelos com mesmo acabamento do sofá e com rodinhas, para facilitar a movimentação”, sugere Bruno. Com uma placa de madeira por cima, ainda podem funcionar como mesa lateral ou mesa de centro.

4-           Adesivos e pintura

Os adesivos são ótimos para quem deseja mudar a cara de objetos e paredes sem gastar muito. “É possível, por exemplo, adesivar geladeiras, frigobares, filtros, máquinas de café, entre outros eletrodomésticos para combinar com a nova decoração, sem precisar gastar dinheiro para trocar o aparelho por um novo”, diz o arquiteto. As formas geométricas estão com tudo: vale apostar em adesivos de bolinhas e triângulos para as paredes. Também é possível dar destaque a uma parede adicionando uma cor diferente. Evite tons escuros em espaços pequenos e, no caso de usar adesivo, papel de parede ou tinta em alguma parede, deixe este ser o único ponto de destaque, para não tornar o ambiente confuso.

5-           Espelhos

Eles são a saída perfeita para dar impressão de amplitude num espaço mais enxuto. “Os espelhos funcionam muito bem na sala de jantar, refletindo a mesa – o que, no Feng Shui, significa prosperidade”, ensina o arquiteto.

6-          Iluminação

iluminação é um ponto muito importante na decoração. Investir em luminárias que permitem mudar a direção e acrescentar novos pontos de luz, como os trilhos compostos por spots, pode ser mais econômico do que as versões embutidas. Esse tipo permite que os focos de luz se adaptem a novos layouts. “Com o tempo, se o morador quiser trocar o sofá por um modelo maior ou acrescentar uma poltrona, o trilho permite mudar a posição dos spots e direcioná-los para as novas peças, além de haver a possibilidade de aumentar ou diminuir a quantidade de pontos de luz”, explica.

Fonte: https://casavogue.globo.com/Interiores/Ambientes/noticia/2018/09/10-dicas-para-decorar-casa-gastando-pouco.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *